sábado, 5 de janeiro de 2008

Forte

Enquanto Netuno deslocava-se de Atlântida, eu deslocava-me da Terra. Meus heróis da história em quadrinhos nunca me contaram a verdade. E eu também nunca acreditei nos adultos. Agora, se eu mereço punição, quem melhor que o tempo pra dizer-me. Eu tinha meus meios de sobrevivência. Mas, poderia ser inútil usá-los contra o tempo. Não, jamais ousarei lutar contra o tempo. Ele tem fortes aliados. E eu, me considero pequena demais para isso. Aprendei a arte de amar, ou a arte da guerra, se necessário for, aprenderei alquimia e os segredos do ocultismo, bruxaria ou vulgaridades, mas minhas armas não serão dispostas aos inimigos, para exilarem-me.

2 comentários:

Barbie Destrossada disse...

Somos fortes,pois acreditamos em nós mesmas.
E isso importa.

Maria Helena disse...

Igualmente brilhante em linguagem objetiva.
Ser forte não é fechar-se em uma redoma e ser inatingível, mas expor-se ao perigo e deixá-lo pensar que é você fraco.